Header Ads

CARNAVAL DA MEALHADA 2020

Vê aqui tudo sobre o Carnaval da Mealhada 2020.

Programa Carnaval da Mealhada 2019

História do Carnaval da Mealhada

Nem sempre o Carnaval da Mealhada vivia de trajes diminutos muito pouco tradicionais pelo carnaval nacional. Esse era vivido de entrudos com rusgas de mascarados e partidas de carnaval com bailes e cartas anónimas que mostravam algum amor ou escárnio por terceiros.

Na Mealhada e em Sernadelo, a festa do Galo, na manhã de Domingo Gordo existia um desfile dos alunos de cada turma à casa da professora para ofercer um galo. Esse galo era transportado num pequeno carro enfeitado com serpentinas e flores. Este era o Carnaval do passado.

Mas pouco a pouco carnaval foi evoluindo com pequenos cortejos carnavalescos entre 1914 e 1958 onde a principal componente do grupo eram os Escoceses e um desafio de futebol entre os ditos Escoceses e os jogadores do Grupo Desportivo da Mealhada. Velhos Tempos.

Em 1958, o evento que marcou o Carnaval foi uma garraiada cómica na praça de touros desmontável dentro do campo da Mealhada. o Macaca foi a estrela, líder dos Escoceses no Carnaval anterior.

Em 1970, pode ter sido considerada a primeira versão do carnaval moderno organizada pelo grupo de mordomos da festa de Santa Ana, à semelhança do que era feito em Ovar. Aqui já chegava um rei, existia uma garraiada cómica e um baile noturno, no Domingo Magro, e bailes no Domingo e Terça Feira de Entrudo. Como destaque havia estudantes brasileiros da Universidade de Coimbra com os seus ritmos de samba. Esta foi a primeira edição de um carnaval da Mealhada que tinha pernas para andar.

Depois de 74, a organização pouco tempo teve para o Carnaval ocupados com outros afazeres tendo as festividades ressurgido novamente em 1978 com Luís Marques à cabeça mas com algumas alterações. Os estudantes deixaram de frequentar a Universidade de Coimbra, e por consequência deixaram de frequentar as festividades carnavalescas na Mealhada.

Para sua substituição formaram-se alguns grupos de samba mealhadenses com a noção da técnica necessária para o espírito do samba. Neste ano foi adicionada a distribuição gratuita de vinho as espectadores dos cortejos sendo o rei um actor de uma telenovela brasileira. Jaime Barcelos O Dr. Ezequiel, da telenovela Gabriela vinha directamente do Brasil para mostrar que era a figura perfeita para o espírito do Carnaval da Mealhada e a Festa do Vinho que agora ali era iniciada.

Esta tradição foi mantida até hoje, com actores não só do Brasil como algumas das figuras mais importantes da televisão nacional. Os grupos de samba com os anos também foram melhorando as suas actuações com interpretações e coreografias que não os envergonham perante os brasileiros.

Conhece o Carnaval da Mealhada

O Carnaval Luso-Brasileiro da Bairrada assume-se como o carnaval mais brasileiro de Portugal com manimação que vai além dos tradicionais desfiles carnavalescos, com as quatro escolas de samba locais: Batuque, Imperatriz, Mangueira e Tijuca.

Para além dos corsos diurnos a animação noturna estende-se até avançadas horas da madrugada com vários músicos e djs.

Em 2018, recorde-se que em vez do Carnaval sair à rua no Domingo, houve um desfile noturno no sábado por razões do mau tempo, levando a que milhares de pessoas tenham afluído a este evento que foi preparado em menos de 24 horas.

Programa do Carnaval da Mealhada 2020

Vê aqui o programa do Carnaval da Mealhada 2020:

Sexta feira, dia 21 (Apresentação das Escolas de Samba – Noites da Tenda)
1 – Sócios da Mangueira
2 – Amigos da Tijuca
3 – Real Imperatriz
4 – Batuque

Domingo, dia 23 (corso diurno)
1 – Real Imperatriz
2 – Amigos da Tijuca
3 – Batuque
4 – Sócios da Mangueira

Segunda Feira, dia 24 (desfile noturno)
1 – Sócios da Mangueira
2 – Amigos da Tijuca
3 – Real Imperatriz
4 – Batuque

Terça feira, dia 25 (corso diurno)
1 – Sócios da Mangueira
2 – Batuque
3 – Amigos da Tijuca
4 – Real Imperatriz

Preços

O valor de entrada no corso carnavalesco é de 5 euros acrescido de mais 3 euros para as bancadas.