Header Ads

Festival da Canção: Como vamos ganhar novamente a Eurovisão?

Depois do sucesso que nunca nos passou pela cabeça em 2017 quais poderão ser as músicas que irão ganhar o Festival da Canção e posteriormente a Eurovisão?


Tenho 33 anos de idade e fui habituado a ver o Festival da Canção como um programa da RTP que anualmente nos mostrava as músicas que até aos anos 2000 foram sucessos, e após o virar de século deixaram de ter o relevo que tinham nas décadas passada. Sou do tempo da Lúcia Moniz, da Sara Tavares, mas também dos Homens da Luta.

O que não estava a espera é que depois de uma vitória "quase por decreto" de Salvador Sobral em Portugal, pudéssemos ir á Eurovisão e trazer o "caneco". Mas aconteceu: "Amar pelos dois" arrebatou a Europa projetando a carreira de Salvador e da irmã. 2017 mostrou uma seleção de músicas capazes de figurar numa setlist normal da maioria das rádios nacionais.

O Festival da Canção em 2018 pode trazer novamente a mesma receita embora que a cópia é sempre pior que o original. Na verdade, se tentarmos copiar novamente vamos ficar mais 50 anos sem ganhar nada. Durante 20 anos, a inovação a diferença, e a constante imposição dos talentos que eram selecionados por programas onde era a audiência que decidia os vencedores levaram a mais do mesmo. Salvador Sobral participou num programa de talentos e não ganhou mas curiosamente ganhou o Festival da Eurovisão. Aprendemos alguma coisa com 2017?

A qualidade e a genialidade dos manos Sobral poderá voltar em 2018 pela mão de algum interprete fora da caixa? Lá para abril iremos descobrir no Altice Arena se conseguiremos jogar decentemente em casa ou se vamos culpar mais uma vez a sina lusitana.

Já tentamos os nomes conhecidos, já tentamos os nomes desconhecidos e este ano temos um misto dos mais conhecidos como José Cid, com revelações dos programas de talentos como é o caso de Diogo Piçarra e outros que são conhecidos nos bares onde actuam. O Festival da Canção promete revelar