My Sound Mag

Cartazes, Horários e música

2017/04/22

CARTAZ INDIELISBOA 2017




Na sua décima quarta edição, o IndieLisboa seleccionou, dos 4250 filmes recebidos, 296 (94 longas e 202 curtas metragens) para as várias secções do festival. Destes, 45 são produções nacionais (12 longas e 33 curtas metragens). O “Indie” terá lugar de 3 a 14 de maio entre a Culturgest, o Cinema São Jorge, o Cinema Ideal, Cineteatro Capitólio e a Cinemateca Portuguesa e divide-se entre 10 secções. Este ano, pela primeira vez dentro das sessões especiais há um programa intitulado Alt-cinema, que pretende refletir sobre a situação política mundial.

“Num mundo em que a normalização incendeia o debate mas faz muitas vezes esquecer que para uma reflexão é preciso tempo e informação, relembramos que o cinema também oferece pensamento social, político, económico”, pode ler-se no comunicado de imprensa da organização do festival.




Neste ciclo, serão apresentados quatro documentários sobre “a história da colonização e a forma como é contada pelos diferentes sujeitos, a opressão vista por quem fugiu da sua sombra, o esmagamento da classe média, os fantasmas que ecoam no dia-a-dia de quem se libertou”. São eles: “Ghost Hunting”, uma produção francesa, palestina, suíça e do Qatar de Raed Andoni; o documentário “I Pay For Your Story”, de Lech Kowalski; o filme “Karl Marx City” de Petra Epperlein e Michael Tucker e o documentário moçambicano “Uma Memória em Três Atos”, de Inadelso Cossa (os trailers de “I Pay For Your Story” e “Karl Marx City” podem ser vistos em baixo).



O IndieLisboa mantém, como nas edições anteriores, a competição internacional e nacional de longas e curtas metragens e a secção “Silvestre”, que este ano terá como foco a dupla de realizadores e curadores Gusztáv Hámos e Katja Pratschke, que trabalham as relações entre a imagem, a fotografia e o cinema. Dentro dos filmes “novíssimos” são selecionadas primeiras obras de jovens cineastas; o “IndieJúnior” é dedicado aos mais novos e além de sessõess tem ateliês, actividades culturais e espaços de criação pensados para os mais pequenos, as famílias e as escolas. Os “Heróis Independentes” desta edição são os cineastas Jem Cohen e Paul Vecchiali e o Indie inclui ainda as rubricas “IndieMusic”, “Director’s Cut” e “Boca do Inferno”. Consulta toda a programação e mais informações no site do festival, aqui.