Header Ads

[LETRA] MIGUEL ARAÚJO - AQUI JAZ JOSÉ DOS SANTOS



Miguel Araújo - Aqui Jaz José dos Santos

Quando os dias eram grandes
E era o tempo da cereja
Atalhávamos caminho
Pelas traseiras da igreja

Desafios de rapaz
Eram para levar a sério
Não valia olhar para trás
Ao passar no cemitério

Dava para ler na pedra
Os nomes dos falecidos
E os panegíricos finais
Em epitáfios esbatidos

"Aqui jaz José dos Santos"
(Não se lia bem a data)
Zés dos santos foram tantos
Para quê toda esta bravata

Mais um santo zé ninguém
Jaz contra a sua vontade
Há de ter deixado alguém
Que deixou de ter saudade

"Aqui jaz José dos Santos"
(E outras exéquias bonitas)
Zés assim hão de ser tantos
Que este nunca tem visitas.

Miguel Araújo - Crónicas da Cidade Grande

1 Cidade Grande I (Canção de Acordar)
2 José
3 Romaria das Festas de Santa Eufémia
4 Balada astral (com Inês Viterbo)
5 Contamina-me
6 Cartório
7 Cidade Grande II (Canção de Remanso)
8 Dona Laura
9 Recantiga
10 Canção de Salomão
11 Aqui Jaz José dos Santos
12 Cidade Grande III (Canção de Embalar)
13 Valsa redonda (feat. Marcelo Camelo)